COMO SURGIRAM OS 7 PECADOS CAPITAIS?

COMO SURGIRAM OS 7 PECADOS CAPITAIS?

COMO SURGIRAM OS 7 PECADOS CAPITAIS

Todos nós já ouvimos falar e provavelmente já cometemos muitos dos considerados “7 pecados capitais”, mas talvez você ainda não saiba qual a real origem destes defeitos ou vícios de conduta. Muito se diz que a origem veio no cristianismo quando, no século IV, São João Cassiano e o papa Gregório Magno reuniram os pecados que dariam início a todos os outros para a Igreja Católica: os sete pecados capitais.

São eles: avareza, gula, inveja, ira, preguiça, luxúria e soberba. Sendo este último o precursor de todos. Este ensinamento faz parte do ensino moral cristão e mostra que todos os males de nosso mundo atual podem ter o início encontrado nestas sete premissas básicas. Para eles, também foram criadas as sete virtudes, que seriam uma espécie de antídoto para estes males: humildade, disciplina, caridade, castidade, paciência, generosidade e temperança.

COMO SURGIRAM OS 7 PECADOS CAPITAIS (2)

Os pecados capitais têm origem na alquimia e em tradições de rituais egípcios e babilônicos muito antigos, muito antes do cristianismo tê-los tornado premissas bíblicas. Chamados neste caso de defeitos, todos os sete têm uma ligação direta com os planetas, levando em conta o avanço espiritual de cada um.

Avareza

AVAREZA

Um dos sete pecados capitais mais presentes em nosso dia a dia. Entenda melhor o que é avareza: ela está ligada ao dinheiro e ao apego aos bens materiais. Muitas pessoas têm como foco na vida ficarem ricas. Não é comprar uma casa ou fazer uma viagem, mas juntar fortuna.

O que é a avareza e quais suas características?

As características da avareza são: ganância, apego ao dinheiro, medo de que falte no futuro, medo de pessoas interesseiras, entre outras.

Alguns avarentos por aí passaram por privações na infância, por isso o medo de que tudo acabe. É o caso de quem passou por grandes crises financeiras ou guerras. Quando a avareza foge do controle, a pessoa pode cometer enganos, mentir, ser falsa, omitir informações e desconfiar de todos. Tudo isso para juntar mais bens materiais para si.

Este é o caso de políticos, por exemplo, ou empresários que ganham dinheiro aplicando golpes em pessoas e empresas. Você já deve ter visto algumas histórias assim, não? A frase típica do avarento é: “quanto mais tenho, mais quero ter”.

O que é avareza e ao que ela pode levar?

A avareza pode levar a outros dos Sete Pecados Capitais como, por exemplo, a soberba. Quem acumula muito dinheiro, acaba se sentindo melhor do que os outros, principalmente porque a nossa sociedade dá muito valor ao sucesso financeiro, nos fazendo acreditar que ter é o mesmo que ser.

Essa é uma das questões que gera avareza. Hoje em dia existe uma falta de contato com o nosso mundo interior tão grande, que acreditamos que a felicidade está do lado de fora, no que podemos acumular, comprar e mostrar aos outros. Mas conforme juntamos coisas e dinheiro, percebemos que o vazio interno permanece e ao invés de mudarmos nossas atitudes, buscamos conforto externamente, caindo em um ciclo vicioso de consumismo.

Para controlar a avareza é necessário exatamente fazer o processo inverso. Olhar para dentro e perceber o que realmente a faz feliz, toca o seu coração e seria insubstituível em sua vida. Com certeza você vai descobrir que são coisas que não possuem valor.

No século XIII, São Tomás de Aquino publicou a Suma Teológica, onde detalha sobre os 7 Pecados Capitais. Contudo, não adianta existir apenas as punições, deve ter também as regras ou inspirações para que as pessoas não cometam tais pecados. Com base no poema épico Psychomachi (Batalha das Almas), escrito por Prudêncio, surgiram as sete virtudes.

O antídoto contra a avareza é a caridade. Devemos pensar no próximo, não apenas na questão de doação material, mas também na espiritual. Dedique um tempo na semana para cuidar de quem precisa, nossos avós, idosos em geral, crianças e animais. Retribua ao próximo com aquilo que você tem de mais precioso.

Um personagem que representa bem este pecado capital é o Tio Patinhas, se lembra dele? Ele inclusive mantinha a primeira moeda que ganhou na vida dentro de uma redoma de vidro, como um troféu.

Relacionada ao planeta Saturno, é explicada pelo excesso de apego ao que se possui. É a origem de toda falsidade e enganações e vai muito além do plano material. Suas características básicas, entre outras, são inquietude, dureza de coração, mentira, traição e fraude.

Gula

GULA

Domingo é dia de cometer um dos sete Pecados Capitais mais populares: a Gula! Mas, o que é gula? Este pecado trata de quem come e bebe demais, mesmo que já satisfeito, pelo simples prazer. Está relacionado ao egoísmo, pois a pessoa não se contenta com o que tem, quer sempre mais.

O que é a gula e quais suas características?

Mas você deve se perguntar: o que tem de tão ruim em comer um pouco a mais de vez em quando? Por que a gula faz parte dos sete pecados capitais?

A falta de moderação sobre o que comemos indica descontrole em todas as áreas de nossas vidas, tanto física, quanto mental e espiritual. Uma pessoa que não resiste a comida, também vai cometer outros excessos com drogas, vai se deixar levar por fofocas e outros sentimentos negativos. Precisamos ter controle sobre nosso apetite ou seremos levados a cometer outros pecados e males, como a preguiça, o comodismo e a avareza.

Avareza porque muitas vezes já estamos satisfeitos e mesmo assim comemos mais, deixando o outro passar fome. Não dividimos o que temos, pois queremos aproveitar sozinhos.

Por isso, é importante sabermos o que é gula, pois ela também leva a um mal não tanto religioso, que é a doença. Uma pessoa que come demais, não pensa no que ingere e prefere porcarias a ingredientes frescos e saudáveis, sendo assim, está propensa a ter problemas de saúde como diabetes, ataque do coração, pressão alta e ganho de peso.

O antídoto para a gula, de acordo com a obra de Prudêncio, é a temperança. Devemos evitar excessos, tanto na alimentação quanto em outras questões. Viver no equilíbrio faz bem para o corpo, a mente e o espírito.

A gula advém do Planeta Júpiter e pode se manifestar em todos os quatro planos (espiritual, emocional, racional e material). Temos uma ideia de gula apenas no sentido de comida, mas, na verdade, é um pecado que pode ser percebido em qualquer tipo de excesso cometido. É o ato de absorver o que não é necessário.

Inveja

INVEJA

De todos os sete pecados capitais, a inveja é o mais lembrado, porém o menos admitido. Outro fato interessante: Você já reparou que todo mundo tem medo de olho gordo, mas ninguém coloca mau olhado em ninguém?

Talvez isso aconteça porque a inveja é um pecado capital bem inútil. Você não tira nenhuma satisfação dele, apenas deseja o que o outro tem e, em alguns casos, espera pelo fracasso do outro. “Se eu não posso ter, que ele também não tenha”. Este é um sentimento muito feio e ninguém gosta de assumir que o tem, pois é um grande sofrimento, que vem acompanhado de insegurança, fracasso e fraqueza.

Mas afinal, o que é a inveja?

A inveja é aquele desejo que temos por adquirir posses, habilidades e status que os outros possuem. Mas por que é um pecado capital?

Primeiro motivo, é que devemos estar satisfeitos com nossa vida, pois Deus não vai deixar que nada nos falte.

Em segundo lugar, ela indica que somos controladas por nossas paixões e desejos.

Em terceiro lugar, a inveja anda junto com a avareza e soberba, outros dos sete pecados capitais. Avareza porque queremos acumular mais e mais para nos equipararmos com o outro. Soberba porque ficamos abismados com o fato de que o outro pode ter o que queremos. Como assim??

O que é a inveja e quais os seus perigos?

Quando temos esse sentimento, acabamos cometendo injustiças, fazemos fofocas dos outros, criamos rivalidade onde não existia, mentimos e deturpamos a realidade. Alguns chegam a cometer crimes.

Na Bíblia existem algumas histórias que envolvem a inveja: Caim matou o irmão, Abel, por inveja. Os filhos de Jacó venderam seu irmão José como escravo, pois invejavam sua força e caráter.

É importante sabermos o que é inveja, para que consigamos ficar livres deste sentimento tão pequeno e mesquinho, precisamos nos concentrar mais em nosso mundo interior. Perceber as bênçãos que recebemos e agradecer pelo que temos. Olhar menos para fora e evitar nos compararmos aos outros o tempo todo. Experimente fazer este exercício: todas as noites, antes de dormir, agradeça por três coisas que aconteceram em seu dia. Isso vai ajudá-la a ver o lado positivo de ser você e, com o tempo, o outro vai deixar de importar tanto.

Ligada ao planeta Mercúrio, a inveja tem a paciência como seu principal antídoto. A sabedoria de esperar e lutar por suas próprias conquistas sem se ater e se incomodar com as glórias alheias. Aqui há de se tomar cuidado com a evolução da inveja que pode levar ao ódio e à detração.

Ira

IRA

Brigas no trânsito, dentro de casa, no escritório, restaurante. Gritamos com os filhos, com parceiro, parentes e colegas. Queremos matar o mundo. Isso é o que é ira, um dos sete Pecados Capitais. Trata-se do desejo exagerado de brigar com alguém, mesmo sem ter motivo para isso, guardar mágoa, rancor e, às vezes, buscar vingança. Quando a ira está presente parece que sentimos a necessidade de criarmos intrigas e conflitos.

O que é ira e quais suas características?

Ela desperta o que há de pior em nós. Na Bíblia existe uma passagem que diz melhor o que é ira, veja abaixo:

Então Pedro, aproximando-se dele, lhe perguntou: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu hei de perdoar? Até sete? Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete; mas até setenta vezes sete.” (Mateus 18.21-35)

O que ele quis dizer é que, independente do mal que lhe foi causado, sempre é preciso perdoar, deixar a raiva ir embora e seguir em frente. A cólera, outro nome para este vício capital, nos impede de fazer isso, pois desperta em nós a vontade de causar prejuízo a quem nos fez mal.

Quando esse sentimento de proteção fica exagerado, a cólera passa a ser pecado, pois a pessoa fica furiosa, descontrolada, quer destruir tudo e todos. Existe o prazer em se vingar, essa é a grande diferença. O que é ira, em si, é muito pior que o sentimento de raiva.

O que é ira e como ela está presente em nossas vidas?

Infelizmente a ira está mais presente em nossa rotina do que deveria. Ela nos leva a amargura, a perder amizades, pois destrói a comunicação e o respeito que temos pelo outro. Uma pessoa que vive a ira e a raiva intensamente pode chegar a cometer crimes, como assassinato. Em grande escala, é ela a causadora de grandes conflitos mundiais, principalmente quando aliada a outros dos 7 Pecados Capitais, como a avareza e a soberba.

Para driblar este Pecado Capital tão comum, é preciso exercitar a paciência, prestar atenção aos pequenos sinais de descontrole, como a intolerância, o mau humor e a impaciência. Se você fica com raiva com muita facilidade, talvez seja hora de procurar exercícios de meditação, relaxamento e controle pessoal, pois no final, quem mais se prejudica é você, que carrega um peso enorme nas costas que não lhe pertence mais.

O mal-uso da energia agressiva de Marte. Sem saber como usar esta energia cheia de impulsividade para o bem, a pessoa, ao ser invadida de ira, acaba usando-a para a destruição. As características inerentes da ira são: insulto, perturbação, indignação, clamor, rixa e blasfêmia.

Preguiça

PREGUIÇA

Nada como ficar um dia inteiro sem fazer nada, só pensando na vida, relaxando e tirando sonecas, não é? Vivemos uma rotina tão atarefada, que quando temos uma folga queremos aproveitá-la direito. Isso não pode ser considerado pecado, certo? Correto! A preguiça passa a fazer parte dos sete pecados capitais quando ela ocupa todo o nosso tempo. Ela está relacionada àquela pessoa que vive em desleixo, negligência e lentidão. Falta, em sua vida, empenho, capricho, energia interior e vontades. Mas o que é preguiça, afinal? O pecado aparece quando, por vontade própria, você deixa de cumprir com alguma obrigação ou dever.

O que é a preguiça e por que é considerada um Pecado Capital?

A preguiça como Pecado Capital é aquela que, mesmo quando temos tempo sobrando, deixamos de fazer coisas boas em função de Deus ou do próximo. Pense assim: Deus lhe deu uma vida maravilhosa para que você fizesse grandes obras com ela e a desperdiça fazendo nada.

Para fugir deste Pecado Capital é preciso, antes de tudo, encarar-se no espelho, admitir o que está acontecendo, redescobrir os seus desejos internos e ir atrás deles, trabalhando sem parar até conquistá-los. Lembre-se da fábula da Cigarra e da Formiga. Enquanto uma passou o verão cantando, a outra trabalhou. No inverno, a primeira ficou sem comida e a segunda descansou tranquilamente, pois sabia que tinha o estoque suficiente. Encontre sua motivação e vá atrás. Não desperdice o dom que recebeu se lamentando ou dormindo.

Originalmente chamada de Acídia e ligada à Lua, a Preguiça está aqui definida como a preguiça de busca espiritual, tendo a preguiça de esforços físicos apenas uma de suas características. Covardia, falta de ânimo, falta de coragem, torpor e rancor são outros defeitos originários deste pecado capital.

Luxuria

LUXÚRIA

Provavelmente um dos sete pecados capitais mais controversos, a luxúria fala de prazer, sexo e sensualidade. Ela está ligada a um desejo intenso pelo corpo e pelo prazer carnal. Mas, afinal você sabe o que é luxúria?

O que é a luxúria e quais suas características?

A luxúria prejudica a dignidade do corpo, pois quando em excesso, leva a atos considerados abomináveis pela sociedade, como o masoquismo, a zoofilia e a pedofilia, por exemplo. Em muitos desses casos, a relação se torna forçada, onde o lascivo se preocupa apenas consigo mesmo e se esquece das vontades e necessidades do outro, cometendo crimes.

A luxúria e outros dos 7 Pecados Capitais

A luxúria está relacionada à posse e à ganância, duas características presentes na avareza. Outra ligação com os Sete Pecados Capitais é com a sensação de superioridade que se tem em relação ao outro, que se enquadra na soberba. Não importa o que ele quer, eu sou melhor, mais forte e por isso, dito as regras.

Além disso, a luxúria pode levar a outros pecados, como o adultério e a desejar quem já é comprometido. O famoso “cobiçar a mulher do próximo”.

Uma maneira de evitar a luxúria é procurar relacionamentos profundos e duradouros, onde você consegue ter prazer e liberdade sexual junto com o carinho, a cumplicidade, o afeto e o espírito. O sexo passa a ser mais gostoso, pois você se sente à vontade para propor novidades, experimentar e criar com seu parceiro.

Obviamente ligado a Vênus, significa originalmente “deixar-se dominar pelas paixões”. Assim como na gula, tendemos a relacionar o pecado da luxúria apenas a um campo, neste caso o sexual, mas também pode ser excesso de ganância. A melhor forma de explicar este defeito seria usar a palavra “obsessão”; a pessoa passa a ser guiada por suas paixões e deixa sua racionalidade em segundo plano.

Soberba

SOBERBA

Orgulho exagerado. Este é um dos primeiros dos Sete Pecados Capitais. Sabe aquela pessoa que se acha? Se considera acima dos demais? Que ostenta algo sem possuir? Pois é. Se você quer saber o que é soberba, envolve tudo isso que falamos. Cometem este pecado as pessoas que é extremamente orgulhosa, e se acha superior aos outros.

Uma pessoa soberba vê o mundo a partir de si. O que é bom para ela tem que funcionar para todo mundo. Ela gosta de despertar admiração nos outros e até a inveja e, para isso, acaba passando por cima de quem atravessa seu caminho.

O que é Soberba?

A frase que exemplifica melhor o que é soberba é a famosa: “você sabe com quem está falando?”

A soberba ainda nos leva a cometer outros pecados capitais, como por exemplo a inveja. Se outra pessoa aparece em uma situação melhor do que a nossa, logo vem aquele sentimento de querer puxar o tapete ou de torcer para que dê errado.

É importante saber o que é soberba, pois ela torna a pessoa insensível e insensata. Todos podemos ter um comportamento soberbo, como quando queremos tirar vantagem sobre alguém. Às vezes, uma sociedade inteira pode apresentar esse orgulho desenfreado, como foi o caso da Alemanha Nazista, por exemplo. Hitler tinha tanta certeza de que a raça ariana era a melhor, que desenvolveu um plano para simplesmente eliminar todas as outras.

É importante saber o que é soberba para que você possa evitá-la. E como fazer isso? É preciso agir com humildade. Ao evitar a ostentação, conter a vaidade e olhar além do seu umbigo, seu ego volta ao tamanho normal e você passa a perceber que todos os seres humanos são iguais e que não existe um melhor do que outro. Estamos todos no mesmo barco e nossa função é ajudarmos uns aos outros, sem distinção.

Pecado, ou defeito capital, relacionado diretamente ao Sol. É um dos mais traiçoeiros, pois, dependendo da forma como é abordado, pode ser visto pelas pessoas como uma virtude. Geralmente, se temos orgulho de algo que produzimos, se bem dosado, acreditamos que seja uma coisa benéfica de se sentir. Apenas quando é em demasia, e muitas vezes transformado em soberba e ostentação, que o enxergamos como algo realmente negativo. Por este motivo, é o mais difícil de ser combatido.

Características de uma pessoa soberba

– Acha que é mais importante que outras pessoas;

– Adora mostrar que é melhor ou superior aos demais;

– Ridiculariza quem ele acha que é “inferior”;

– Coloca seus desejos acima até da vontade de Deus.

Fonte

Fonte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s