DEIXE O AMOR SER A SUA ORAÇÃO Por Osho

DEIXE O AMOR SER A SUA ORAÇÃO

Por Osho

DEIXE O AMOR SER A SUA ORAÇÃO

E assim ele se afasta para muito longe do coração.

O excessivo treinamento da cabeça cortou todas as raízes do coração.

Há muitas pessoas que não sabem o que é o coração.

O coração está batendo, mas a energia não mais se move através dele.

Até mesmo quando amam essas pessoas pensam que amam.

Até mesmo o sentimento é via pensamento.

Mas, claro, isso tem de ser falso.

A lógica é manipulada; o amor é um acontecimento.

A lógica lhe dá a sensação de que você é alguém; o amor lhe dá a sensação de que você não é ninguém.

E desde muito cedo nossas raízes com o coração são cortadas.

Somos forçados em direção à cabeça e não se permite que nos movamos em direção ao coração.

É uma coisa da qual a humanidade tem sofrido há muito tempo, uma calamidade – o homem ainda não se tornou capaz de viver em amor.

Mas há razões para isso.

O amor é arriscado. Amar é mover-se para dentro do desconhecido, é mover-se para dentro do perigo.

Amar não é seguro. Não está dentro do seu domínio.

É imprevisível. Para onde o amor o levará ninguém sabe.

A pessoa vai se movendo na mais completa escuridão, mas perceba que as raízes somente crescem na escuridão.

Se as raízes de uma árvore ficarem com medo do escuro e não forem para o fundo, a árvore morrerá.

Elas têm de se mover dentro da escuridão.

O coração é a parte mais escura do seu ser.

É como a noite escura. É o seu próprio útero, a sua própria terra.

Mas as pessoas têm medo de se mover na escuridão.

Elas gostariam de permanecer sob a luz.

Pelo menos pode ver onde você está e o que vai acontecer.

Quando você se move no amor, não pode calcular as possibilidades, não pode calcular os resultados.

Para o amor, o futuro não existe somente o presente existe, você não pode pensar nada sobre o momento seguinte.

No amor, nenhum planejamento é possível.

Fonte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s